Condensação e sublimação

Há um poeta revoltado
vociferando por aí
que não escreverá
que será poesia
e não mais poeta.

Eu, por outro lado,
digo em tom menor
que só vivo
para inspirar-me
e poesias escrever.

Todos que conheço
são personagens,
tudo que vivencio
vai ser rimado
com anos atrás
com repetições
com anseios
com emoções
no papel em branco.

Uma palavra, uns amores.
Um verbo, muitas decepções.

Ramon Alcântara