Minha melhor poesia

Releio minha melhor poesia constantemente
busco sempre ajeitar uma vírgula aqui,
dois pontos acolá, seus apostos e suas aspas.
Refino suas rimas com palavras requintadas,
reconstruo estrofes com mais-que-métricas.

Releio minha melhor poesia constantemente
dou um melhor sentido às suas idéias,
realço com intensidade suas imagens subjetivas.
Dialogo honestamente com contrapontos do eu-poético,
sublinho seu clímax, destaco suas ênfases.

Releio minha melhor poesia constantemente
buscando sempre torná-la ainda melhor.

Minha melhor poesia acorda cedo sempre
me dá um beijo e me convida para um café,
ri das minhas piadas e me abraça forte satisfeita.

Minha melhor poesia vai trabalhar sempre
com a certeza que traz o bem de nossa família,
me liga sempre para me dizer que me ama muito.

Minha melhor poesia deita sempre
sua cabeça no meu colo e me encoraja,
me acaricia me apoiando, me criticando, me aconselhando.

Minha melhor poesia me ama sempre
chega a noite com um sorriso espontâneo num rosto cansado,
se desvela, deita no meu peito e deseja me dar um filho.

Minha melhor poesia busca sempre
me tornar um melhor poeta.

Ramon Alcântara