Epigrama sobre o abandono social (anos depois)

Olhei em volta,
muitas poesias,
poucas pessoas,
uma alegria,
nenhuma boa,
só você e esta.

Ramon Alcântara