O carro está descarrilhando

A vida é um desfile de carnaval
e toda morte é apoteótica,
porque o romance só faz sentido no fim.

Loucos
dançam,
protestam,
auto-homenageiam-se.

Gritam insistentemente!

Pegue sua fantasia no galpão.
O que é o galpão?
Mas, o que é o galpão?

Inventam o mal,
como uma rainha a bateria,
gargalha demente,
enfeitada com penugens,
na ponta do pé.

Ziriguidum,
ziriguidum,
ziriguidum,
o carro está descarrilhando.


Ziriguidum,
ziriguidum,
ziriguidum,
o carro está descarrilhando.


Ramon Alcântara