Links para um rizoma III

São alguns bilhões
de outras coisas diferentes.
Umas se repelem,
outras se atraem.
Mas são apenas
coisas diferentes,
outras.
Eu estranho todas elas.
Por sorte,
alguns códigos se assemelham.
Desejos se encontram,
avulsos.
Mas são alguns bilhões de coisas
diferentes.
Eu me deixo seduzir
pela generalização.
Tudo espalhado no chão.
Não precisava nem contar.
Agora inventaram um outro modo
para agrupar tudo isso.
Eu, nunca encontro.
Talvez, nem haja.
Nem eles.
História sem historiador,
leitura sem leitor.
Máquina-vida.

Ramon Alcântara