E a mulher imagem-nada no mínimo instante de gozo do rapaz introspectivo

Por dentro dessa cabeça
passam bois, passam boiadas,
passam canoas,
muitas remadas
letras e palavras.
Por dentro dessa cabeça
passam ventos, passam furacões,
passam viagens,
muitos aviões
sentimentos e emoções.

Por dentro dessa cabeça
passam Quintanas, passam vinhos,
passam cantos,
muitos assobios
passarão e passarinho.

Por dentro dessa cabeça
passam gente, passam dúvidas,
passam retas,
muitas curvas
certezas e encruzilhadas.

Por dentro dessa cabeça
passam outras, passam mais,
passam mares,
muitos cais
agora e ademais.

Por dentro dessa cabeça
passam passos, passam passagens,
passam nós,
Ela mesma
é ficante e passageira.

Ramon Alcântara