Apenas

Não vivia a poesia.
Morreu, sendo humano.

No testamento: coisas.

Não vivia, poesia.
Morreu o ser humano.

No testamento: apenas.

Ramon Alcântara